AUGUSTO BOAL: A MORAL DA PROSTITUTA E A PROSTITUIÇÃO DA MORAL

NOTÍCIAS IMPOSSÍVEIS

augusto

In Memoriam

A prostituta se diferencia da puta, a partir do instante em que respeita códigos, tais como desconhecer clientes da noite anterior, não se utilizar de processos de sedução tais como chegar atrasada etc.  A  puta não.  Ela não tem e nem sequer conhece códigos, ou se os conhece, não lhes serve como advertência. Códigos morais, diga-se de passagem.

 

FONTE: NOTÍCIAS IMPOSSIVEIS ESTAVA LÁ.

ENCONTRO COM  JACQUES DERRIDA NO PLANETÁRIO – RIO DE JANEIRO -07/06/ 2001

Ver o post original

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s